Novidade!!! Lançamento!!!

Novidade!!! Lançamento!!!
Livro em formato E-Book

Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

Páginas

11 de maio de 2012

POR QUE NÃO ACREDITO em livros ditos sagrados


Nova janelaRecolher todasPOR QUE NÃO ACREDITO
em LIVROS DITOS SAGRADOS

Não tenho dúvida alguma que Você esteja sendo sincero na sua afirmação… mas eu repito: esse tipo de prova não serve para nada, pode servir para você, mas para ninguém mais no mundo tem serventia, pois como você mesmo disse são pessoais, são do “seu” deus. Você não aceita outros deuses, e eu nego todos, o seu e todos os outros.
Também não foi de uma hora pra outra, não dormi crente pra acordar ateu… nasci sem religião, tentaram me impor os ritos e passagem do meio, mas voltei a ser o que era quando nasci: sem religião, agnóstico após ler a Bíblia e depois ateu.

Não consigo mais pensar em Deus, como Papai Noel, um homem que dá recompensas e presentes pelo seu bom comportamento. Cresci numa família cristã praticante  me lembro de pensar em Deus quando alguém morria e tínhamos que fazer todo o ritual fúnebre ( e mesmo assim o de meu pai já aposentado foi negado, por que estava atrasado com os dízimos junto à sua igreja)… fiz catecismo e esses rituais religiosos tradicionais.  Em uma delas, os pastores  diziam que a hóstia era o corpo de Jesus e não deveria ser mastigada, ou verteria sangue. Passei a mordê-la todos. Não saiu sangue nenhum.
Nunca me senti atraído por essa estória, depois, estudei, li a bíblia de forma vertical, reli as discrepâncias, um mundo de contradições nas narrativas dos Evangelhos. Aprofundei com leitura horizontal confrontando as divergências (Crítica Superior à Religião, Crítica Bíblica, Bíblia do Cético, Filosofia, Mitologia,  Humanismo, Evolucionismo, História, Ciência...) mais, me formei! E então depois de todo um processo de avaliação da Bíblia, e uma vasta biblioteca, sobre o que realmente acredito foi que me declarei ateu, cético, racionalista, evolucionista, livre pensador e humanista secular. Lhes garanto que não foi um caminho fácil, eu descobri e escolhi o meu caminho de homem livre, quando já tinha 50 anos. Apenas não penso que algo superior com poderes sobrenaturais precise intervir e reger a minha vida.
Se você afirma algo é você quem tem que provar que é verdade…injusto é alguém querer que outra acredite em algo por causa de um livro comprovadamente  falho, não escrito ou inspirado por um deus. Ou por causa de uma experiência pessoal, ou porque a maioria acredita, ou porque está na moda agora ser evangélico.
Leitor cristão, se fosse pra levar a sério aí essa sua doutrina e dogmas, a Bíblia só teria algumas páginas...

Eu acho que você, como quase todo religioso que eu conheço, nunca leu a Bíblia. Pois é na Bíblia que está tudo o que se pode saber sobre esse Deus e seu filho em que os crentes cristãos dizem acreditar. E posso afirmar, o Deus que está descrito lá não tem nada de bom, nem de amoroso, nem de caridoso, nem de solidário. E quando eu digo nada, é nada mesmo.

Um dos maiores problemas na fé cristã é o fato do crente não conhecer o Deus da sua própria e das outras religiões. O cristão tem pra si uma amostra grátis de um Deus encarnado que "disse" três ou quatro frases interessantes sobre amor e perdão, nada que o Confucionismo ou o Taoísmo já não tivesse dito séculos antes, e esquece todo o resto. E o resto sendo a descrição detalhada de um Deus que, se existisse mesmo, seria um monstro dos mais malignos que a mente humana já conseguiu criar.
Essa visão de muitos de que tudo o que é "bom" na Bíblia vem de Deus e o que não é vem dos seres humanos que a escreveram é uma visão bem perigosa de se defender, porque nada impede de se estar encarando os fatos de forma errada:
De repente, Deus é mesmo um Deus mau, assassino, que manda matar a três por quatro, manda exterminar povos, que afoga toda humanidade num dia que acordou de mau humor. Um Deus que preparou um Inferno, um Deus que é mesquinho e injusto, exatamente como está na Bíblia; e aquelas partes que a gente acha "legais", tipo amar o próximo, dar a outra face, sejam justamente as partes inseridas sem a autorização divina.

Existem muitas teorias tentando justificar e explicar Deus.
Só o cristão, valendo-se da sua hipocrisia, não enxerga que seu Deus muito bom. é mau. Muito mau. Se Deus existisse, não haveria nenhum problema para se justificar a maldade humana, uma vez que Deus nos teria feito à sua imagem e semelhança.
Uma vez que Deus é um personagem criado por seres humanos, ele não tem nada de perfeito. Muito ao contrário, ele é cheio de defeitos humanos: ele tem raiva, tem  ciúmes de outros deuses  , ele se esquece das coisas às vezes, ele se arrepende, ele muda de ideia e de opinião, ele é injusto, ele é mau, etc.
 O problema para o crente é que ele só consegue palmas e aleluias para uma imbecilidade dessas quando fala isso para um outro crente, porque, se fala para um ateu ele vai passar vergonha. Se pergunto a um crente se ele acredita mesmo, que Jesus nasceu de uma mãe virgem...ele morre de vergonha.
Chamar Deus de bom só prova que você nunca leu sua Bíblia, ou não faz a menor ideia do que seja ser “bom”. O Deus do mito cristão não tem nada de perfeito; ele é apenas um ser inventado com a média de todos os defeitos asquerosos da moral asquerosa dos seres primitivos que o criaram.
E o cristão acha que ele é único apenas por vontade, ou por ignorância, pois bilhões de pessoas crêem em milhares de outros deuses. Ah, esses outros milhares de outros deuses não existem? Parabéns!! Você está certo. Só que o seu Deus também não existe. Se você conseguir “matar” só mais esse Deus, vai ficar igual a mim: um descrente, irreligioso, agnóstico ou  ateu, um ser livre.
As religiões estabelecidas deixaram de responder às questões fundamentais do homem-como sua identidade e sua razão de viver. Em vez disso, se concentraram apenas em uma série de dogmas e normas voltadas para uma organização social e política. Dessa maneira, as pessoas em busca de uma espiritualidade autêntica estão partindo em direção a novos rumos como a Filosofia.

Deus não quer o mal, mas se o permite é por um bem maior!, diz, o papa.

Como toda pessoa alienada esse "grande intelectual" fala muita besteira. Mais uma vez o Papa Bento XVI não pode deixar passar em branco. Depois dos terremotos de janeiro no Haiti, de Fevereiro no Chile e por último a tempestade que atingiu a costa atlântica da França e matou cerca de 53 pessoas..., o Pontífice não perde tempo em “puxar o saco” de Deus em dizer que esses desastres naturais (caso ele existisse seria de responsabilidade dele) é algo misterioso e serve exclusivamente para dizer que: Jesus/Deus nos ama muito! (e não é pouco não).
Claro que Deus poderia fazer chover pizza, milkshake, hamburger, frutas, água potável. Mas ele prefere matar gente inocente pra dizer que é poderoso. A ignorância é grande em dois pontos:
1-As pessoas associarem desastres naturais a seres imaginários super-poderosos. Isso está mais pra Idade do Bronze onde se dizia que um epiléptico estava endemoniado;
2-O Papa pode tirar da reta o ...de Deus para o povo não ficar descrente ou revoltado com Ele (o que seria justo se ele existisse de verdade, pense num cara pra gostar de matar gente).
3-No século XX (1922) Pio XI declarou: “Vós sabeis que eu sou o Santo Padre, o representante de Deus na terra, o Vigário de Cristo, o que significa que eu sou Deus na terra.”
4-Quando o papa é coroado hoje (ou era), é com estas palavras: “Receba tua Tiara. Adornada com três coroas, e saiba que tu és o pai de Reis e de Príncipes, Governador do Mundo, e Vigário de Cristo na terra, a quem seja honra e glória para sempre”
Não é preciso falar nada o papa é o...O que mais poderia ser dito que considere o papa um Deus?
 
Então eu pergunto. Que bem maior é esse em matar várias pessoas inocentes? 
Por que ele não manda um raio e explode a cabeça de padres pedófilos que usam o nome de Deus-Amor pra abusar sexualmente de crianças? 
Ou porque não os impede? 
Qual é o amor por deixar pessoas cruéis livres e fazendo suas maldades e deixar outras pessoas sofrerem gratuitamente?
Esse Deus é injusto e sacana. Muita gente acredita nessas bobagens, mas não se dão ao trabalho de ler a Bíblia (apesar de ser alterada pra amenizar as contradições) e ver o quão ela é injusta e cruel? Se por alguma razão o chão tremesse no Vaticano o  Bento falaria a mesma coisa, pois ele é um idiota fanático que só fala besteira. Como esta:

“As desventuras, os acontecimentos funestos não devem ser para nós motivo de curiosidade ou de busca dos culpados, mas sim uma ocasião para refletir, para vencer a ilusão de poder viver sem Deus e para reforçar, com a ajuda do Senhor, nosso empenho em mudar de vida”

Morrem milhares de pessoas no mundo por desastres naturais, não devemos culpar ninguém (o único culpado seria o criador/projetista que fez isso) e ainda pede para vencer a ilusão de viver sem Deus . Falácia! Como seria ilusão não acreditar em algo que nem há provas que existe? Invertendo a lógica esse desonesto.
“Diante de sofrimentos e de lutos, a autêntica sabedoria é deixar-se interpelar pela precariedade da existência e ler a história humana com os olhos de Deus, o qual, querendo sempre e exclusivamente o bem de seus filhos – por um desígnio insondável do seu amor – certas vezes permite que sejam provados pela dor, para conduzi-los a um bem maior

Aham, Deus é muito legal. Quem sabe ele faz os padres ficarem sem pintos para ter a dor de não molestar ninguém? 
Ou deve ser muito bom uma menina ser estuprada aos 12 anos pelo pai bêbado? Aposto que ela vai se tornar uma pessoa bem feliz. 
Ou então alguém com uma doença incurável? 
Para ele deve ser confortante ser amado pelo mesmo Deus que deixa estupradores, assassinos, ladrões, corruptos, pedófilos, e outras mazelas da sociedade vivendo tranquilamente, aproveitando a vida e curtindo do bom e do melhor. Então você pensa: Ah! Deus vai mandá-los pro inferno! Eu duvido, pois ele perdoa, não é? Então você vai viver no céu com boa parte dessa gentalha que faz coisas abomináveis, mas acredita e pediu perdão a Deus ao invés de tentar reparar o erro com ações concretas. E outro detalhe pra calar os crentes: Os bandidos que estão nos presídios são todos ateus por acaso? .Então se divirtam com eles por toda a eternidade, puxando o saco de deus, infelizmente isso não existe, pois se existisse eu iria achar muito engraçado.
A afirmação da existencia do” seu deus das lacunas” são crenças pessoais sem nenhum valor para mim, mas que me fazem cada vez ser mais descrente, cético, racionalista e humanista!

Links relacionados:

SOBRE A BÍBLIA SAGRADA. Jeová era bom ou mau? Por que sou Ateu?

RUSSEL – Por que não sou cristão?

MITOLOGIAS por Joseph Campbell:





Deuses não existem. O PROBLEMA DO MAL:

EU NÃO SABIA QUE ERA TÃO FÁCIL me livrar das religiões:

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/2012/05/richard-dawkins-carta-para-sua-filha.html

Nenhum comentário: