Novidade!!! Lançamento!!!

Novidade!!! Lançamento!!!
Livro em formato E-Book

Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

Páginas

2 de outubro de 2010

SOCIEDADES SECRETAS

Sociedades Secretas: o que são e como funcionam?


Algumas Sociedades Secretas tem povoado o imaginário mundial durante séculos, envoltas em mistérios, lendas e sigilo e tão antigas quanto a própria humanidade, nas quais os membros compartilham iniciações e conhecimentos exclusivos.
Ser aceito, ter prestígio, conhecer segredos, entender mistérios. Essas promessa vêm atraindo as pessoas para as sociedades secretas desde a aurora da humanidade. Elas atendem à sede quase universal de homens e mulheres de aceitação por seus pares, de estar entre os escolhidos, os eleitos – os iniciados.

Uma das mais célebres sociedades secretas da Antiguidade foi a dos Pitagóricos, formada pelos seguidores do filósofo Pitágoras, uma das mais brilhantes que a humanidade já produziu. Os conhecimentos foram adquiridos e trazidos de antigas tradições do Egito, Babilônia e da Grécia. Essa escola acabou sendo perseguida e extinta, mas os seus conhecimentos permanecem até nossos dias. Suas bases filosóficas, já foram comentados em Os Grandes Filósofos Gregos.
Algumas organizações são identificadas como generosas e positivas ,como a Ordem Rosa-Cruz, com sede mundial na Califórnia/EUA.
A Maçonaria, até hoje adota ensinamentos da Escola de Pitágoras e com algumas semelhanças no que ela teve de melhor, ajudando no aperfeiçoamento do ser humano, no progresso da humanidade. São poucos os escolhidos que tem acesso aos seus conhecimentos iniciáticos e é a única que unifica todas as crenças e religiões sem discriminação, sendo por este motivo considerada exemplar.
As sociedades secretas também se formam com outra finalidade. Elas podem ser de grupos terroristas como encontradas no Oriente Médio e Europa. Al-Qaeda com objetivos políticos e quadrilhas criminosas como a secreta máfia e a yakuza japonesa, buscam inspirar o medo para atingir seus objetivos, através da extorsão, exploração sexual, tráfico de entorpecentes, corrupção e outros crimes.

ROSA-CRUZES - A Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis (AMORC), é uma fraternidade formada por homens e mulheres, sem distinção de crença ou raça, não religiosa, não dogmática, apartidária que tem como objetivo o estudo das leis místicas universais, para o aperfeiçoamento da humanidade e de cada indivíduo.
Os seus ensinamentos datam desde antes do cristianismo. Mas alguns atribuem a fundação a Christian Rosenkreuz, nascido na fronteira da Alemanha. Rosenkreuz foi um viajante que cruzou o mundo em busca de conhecimento e no Egito, foi acolhido pelos irmãos da Loja Egípcia, onde foi iniciado e admitido em todos os graus dos mistérios egípcios. Ao voltar a Europa, fundou a Ordem Rosacruz.
Os Rosa-Cruzes remontam o início da sua Ordem ao reinado do Faraó Tutmose III e Aknahanton. Acredita-se que tenha sido ele que tenha organizado a primeira irmandade de iniciados sobre princípios e métodos semelhantes aos adotados pelo rosacricianismo. Mas, o Grande Mestre da entidade teria sido o Faraó Akhenaton, fundador da primeira religião monoteísta do mundo. Portanto para muitos a Ordem, com seu símbolo, a Rosa sobre a Cruz, existe muito antes do cristianismo e de Rosenkreuz (rosa-cruz em alemão). A rosa (rose) é a flor da beleza, a primavera e o amor por excelência. Segundo os iniciados, a cruz representa a vicissitudes da vida humana no mundo e a rosa a sabedoria infinita e a evolução do homem diante de suas transformações. A cruz aparece em diversas mitologias em todo o mundo e há mais de quatrocentas variações desse símbolo. Para os cristãos ela é igualada ao sofrimento e ao sacrifício. As iniciais RC – seriam usadas como o selo, a senha e os conhecimentos especiais deveria ser sempre um segredo cuidadosamente guardado até que os irmãos recebessem um sinal para divulga-lo.

A doutrina rosa-cruz foi inicialmente exposta na obra Allgemeine und General Reformation der gantzen weiten Welt (A reforma universal e geral e de todo mundo), publicada em 1614. Essa doutrina tornou-se popular entre os franco-maçons.

Os parisienses do século XVII estavam acostumados a ver suas paredes e prédios cobertos por anúncios, mas os pôsteres que encontraram em certa manhã de agosto de 1623 eram extraordinários e causaram uma sensação considerável. Os avisos informavam que uma misteriosa e secreta fraternidade acaba de fixar-se entre eles e estava em condições de trazer a verdadeira paz e sabedoria aos que procuravam a iluminação.

“Nós representantes da principal sociedade de Irmãos da Rosa-Cruz, estamos ficando visível e invisivelmente na cidade pela graça do Altíssimo, para o qual o coração do Justo se volta. Mostramos e ensinamos sem livros e máscaras como falar a língua de todos os países em que quisermos ficar, para tirar nossos irmãos homens do erro da morte”.

Outro cartaz oferecia a admissão para “todos aqueles que desejarem ingressar em nossa Sociedade e Congregação” e mais uma vez prometia paz e sabedoria universais. Embora os cartazes não dessem qualquer informação adicional sobre o local em que os interessados em tornar-se membros poderiam contatar a irmandade Rosa-Cruz, sugeriam indiretamente que os fossem dignos seriam reconhecidos e procurados, no momento certo. Mas a estabelecida Igreja Católica não estava disposta a tolerar mais um grupo de não-conformistas que iriam solapar a autoridade existente, que já atraíra numerosos adeptos na Alemanha e nos Países Baixos.
Qualquer estudo dessa intrigantíssima organização secreta deve começar com a leitura do Fama Fraternitatis, o primeiro documento que, de modo claro e sem ambigüidade, menciona a irmandade pelo nome e pretende contar a história da sua fundação.
É uma organização internacional místico-filosófica. O atual método e organização de estudos foi idealizado por Dr. Harvey. Spencer Lewis, O Imperator, cientista, escritor, filósofo, pintor e místico americano. Iniciado na França, acabou renovando o movimento a partir de 1915 na Califórnia. A sede central no Rosicrucian Park em San Jose estende-se por um quarteirão, com jardins magníficos e um impressionante conjunto de edifícios com motivos egípcios e estátuas de esfinges. Há um grande Museu e Galeria de Arte Egípcia, que dizem, possui a melhor coleção de antiguidades egípcias e babilônicas no oeste dos Estados Unidos. Além disso, os membros podem freqüentar o Museu de Ciências, um planetário moderno, um auditório e um complexo educacional com salas de aula, estúdios de som e laboratórios para o estudo de física, química, biologia, parapsicologia e fotografia.
Trata-se de uma filosofia, que tem por objetivo e missão, despertar o potencial interior dos ser humano, auxiliando-o no seu desenvolvimento, em espírito de fraternidade, respeitando sua liberdade individual.

ILLUMINATTI - é uma sociedade secreta não tão conhecida , mas criada de maneira velada e supersecreta. Trata-se de um rito maçônico, fundado em 1776 por Adam Weishaupt, professor de direito canônico da Universidade de Ingolstadt, na Bavária no sul da Alemanha. Ele criou a Ordem dos Illuminati (entusiasmado pela liberdade intelectual). A sociedade secreta dos Antigos Visionários Iluminados da Bavária estabelecida por um jesuíta dissidente baseava-se nas fontes maçônicas que seu fundador conheceu. É uma mistura de preceitos maçons, sufismo e misticismo islâmico. Weshaupt tinha sido jesuíta, discípulo dos exercícios de disciplina mental de Santo Inácio de Loyola.
O propósito declarado era “estimular uma visão humana e sociável; inibir todos os impulsos viciosos, apoiar a Virtude, onde quer que seja ameaçada ou oprimida pelo Vício; promover o progresso das pessoas de mérito e espalhar os conhecimentos úteis entre as numerosas pessoas que estão privadas de toda educação”. Os Illuminatti buscavam ser um bastião para desafiar o autoritarismo a opressão da Igreja e juraram ódio ao altar e ao trono, bem como esmagar o Deus dos cristãos e extirpar todos os reis da Terra. O lema anarquista: “enforcar o último clérigo com as tripas do último rei” e descreve bem as intenções dos seus seguidores. Queriam a destruição da monarquia francesa e da autoridade da igreja católica responsável pelas deploráveis condições do país e do povo e até hoje ainda pregam uma Nova Ordem Mundial.
A Ordem chegou a abrigar membros da elite alemã do século XVIII, o príncipe Ferdinando de Brunswich, o duque de Saxe-Gotha, o barão de Dalberg, o príncipe Karl de Hesse inclusive o pilar da literatura alemã Johann Wolfgang von Goethe, mas a sociedade na Europa se extinguiu no século XVIII, quando foi suspensa por uma série de editais publicados e o próprio Weishaupt acabou sendo banido e impedido de propagar suas idéias.
No entanto, por causa do envolvimento de Weishaupt com a Maçonaria, a qual ele distorceu para adequá-la aos seus interesses, muitos acreditam que os Illuminatti são um ramo dessa antiga ordem e que continuam atuantes e influenciam os principais acontecimentos do mundiais, sem mostrar o rosto, por causa de suas idéias políticas e sociais e não por ações violentas. Tem adeptos entre os muito ricos e poderosos e existem especulações que seu objetivo é o de dominar o mundo através de “Homens Iluminados”, em uma organização sem preceitos religiosos e na crença da razão humana. A superioridade da razão sobre a religião e a igualdade entre todos os homens, negando a participação ativa e milagreira de um criador do universo nas questões humanas.
Seu símbolo pode ser visto no verso de uma nota de um dólar americano com o lema dos Illuminatti: “Novus Ordo Seclorum” (Nova Ordem Secular) e a o Símbolo da Pirâmide e um olho que tudo vê, é usado desde a fundação dos Estados Unidos da América. Simboliza o olho sempre presente dos Illuminatti sobre os americanos. Outras Ordens, surgiram adotando seus próprios ritos , alegando serem descendentes ou os próprios, como a Ordo Illuminatorum, The Illuminatti Order, Die Alten Erleuchteten Seher Bayerns.
Tudo leva a crer que o ultimo movimento realizado, teria sido o rombo provocado no Banco Ambrosiano, em Milão. O mundo está necessitando de mais Iluminismo renovado que se baseie na proposição de que o devido objeto de estudo da humanidade é o homem e a mulher, suas artes, literatura, ciências, ao alcance da pessoa comum e à mão de todos.

PRIORADO DE SIÃO - O que se sabe é que o Priorado tem suas raízes numa sociedade hermética liderada por um egípcio chamado Ormus, que viveu 45 d . C. O Priorado tinha uma ramificação militar chamada de Cavaleiros Templários que foram a Terra Santa recuperar documentos sob as ruínas do Templo. Em 1188, a organização teria mudado seu nome para Ordem de Sião, com atividades no período da Cruzadas no Oriente Médio. O Papa Inocêncio II publicou uma bula papal inédita que concedia aos Templários privilégios ilimitados e assim esses se tornaram muito ricos, influentes e poderosos. Sob o reinado do papa Clemente, foram presos, torturados e queimados em fogueiras como hereges. E ficou também a lembrança da sexta-feira 13, dia do azar.
Na França esteve ativa no final da década de 1950, dirigida por Pierre Plantard e teria como missão a restauração da linhagem merovíngia, a linhagem nobre francesa à qual os descendentes de Jesus pertenceriam. Baseavam-se no princípio de que os poderosos dos primórdios da Igreja Católica “traíram” o mundo, propagando mentiras que desvalorizavam o feminino, fazendo a balança, pender para o lado masculino. Ou seja, de que Constantino e seus sucessores do sexo masculino conseguiram converter o mundo do paganismo matriarcal para reeducar e consolidar o Cristianismo patriarcal eliminando a deidade e o sexo feminino para sempre na importância religiosa. A Igreja viria a realizar uma verdadeira caça as mulheres de pensamento liberal, considerando as bruxas e queimando as na fogueira
Em 1956, Pierre Plantard, o último Grão-Mestre, conhecido do Priorado de Sião, declarou que a Sociedade possuía o tesouro do Templo de Salomão, saqueado pelos romanos em 70 a . C., e que este teria sido levado para o sul da França, perto da vila de Rennes-le-Chateau. Seria esse tesouro o manuscrito dos seguidores de Jesus? Os relatos pessoais em Diários de Madalena sobre o seu relacionamento com Jesus? Maria Madalena estava grávida quando Jesus foi crucificado? Os ensinamentos de Jesus escritos por ele mesmo? Jesus teve uma árvore genealógica? O mítico Santo Graal seria Maria Madalena ou o cálice (taça) de esmeraldas em que Jesus bebeu na Ùltima Ceia?
Em 1975, a Biblioteca Nacional de Paris descobriu pergaminhos conhecidos como Os Dossiês Secretos, que identificavam inúmeros membros do Priorado. Entre os supostos grão-mestre do Priorado há uma série de figuras históricas importantes, como Leonardo da Vinci, o pintor renascentista Sandro Botticelli, Sir Isaac Newton, Vitor Hugo, , Jean Cocteau e o compositor Vitor Hugo. Plantard , afirmava ser descendente dos reis merovíngios, mas alguns acreditam que sua linhagem real é uma invenção. Plantard, renunciou em 1984. Isso aconteceu por causa de um contingente anglo-americano que queria voltar os objetivos do Priorado de Sião para outra direção. Desde então, não se tem mais notícias das atividades da organização, provavelmente foram absorvidos pela Maçonaria



SKULL and BONES – Fundada em 1832 a Sociedade Caveira e Ossos muitos é a mais poderosa sociedade secreta atual. A ordem foi incorporada em 1856 sob o nome de “Russel Trust Association” Aceita apenas alunos da Universidade Yale, uma das mais elitizadas dos EUA. O lema da Universidade: “Lux et veritas” (“A Luz e a Verdade”). Apenas 15 diplomados são escolhidos e iniciados a cada ano que tem por lema da entidade:

“Por Deus, pela Pátria e por Yale”.

Os escolhidos e selecionados que tem talento ou utilidade a cada ano recebem além de honrarias um significativo bônus em dinheiro para ajudá-los a começar na vida. Os graduados mais velhos , os chamados “Patriarcas”, dão especial atenção e apoio em negócios, política, jurídica e de espionagem . Entre seus integrantes estão a família dos Bush , ex-vices presidentes, senadores, além de ministros da Suprema Corte e alguns dos mais influentes e poderosos banqueiros e empresários do país. Yale produz os líderes chamados Bonesman formadores de opinião e que irão ocupar cargos chaves e dirigirem a política da nação e a externa dos EUA. Muitos vão trabalhar em cargos chaves na Central de Inteligência Americana – CIA -, como F. Trubee Davison, que exerceu cargo de diretor.
A Fraternidade tem uma espécie de liderança moral e aprendem um compromisso jurado para com os patriarcas a comunidade e ideais do serviço público. Seu símbolo o crânio seria do Chefe Apache Jerônimo. Suas cerimônias de iniciação são secretas e cheias de simbologia, onde todos sabem tudo sobre todos que é uma forma de proteção. A iniciação que acontece no mês de Abril tem lugar em Deer Island, no Rio São Lourenço (uma ilha pertencente a Russelll Trust Association) onde acontecem as reuniões regulares como também em Yale em uma casa semelhante a uma construção de um mausoléu e conhecida como “o túmulo”. Na cerimônia em sala secreta (chamada de 322) são imersos nu na lama , e em um caixão. No Templo Interno, na sala com poucos móveis, na cerimônia na presença dos Bonesmen: Uncle Toby e “Little Devil” (diabinho) vestido de diabo; um membro de voz de profunda de Dom Quixote; um vestido de Papa; um vestido de Elihu Yale; quatro no papel de “Shakers”, e um bando de outros vestidos de esqueleto e carregando objetos para fazer barulho. Assim que o iniciando entra na sala os patriarcas do lado de fora do Templo Interno gritam “Quem é?” e “Os Shakers” respondem o nome do candidato, que os patriarcas ecoam. Os “Shakers” empurram o candidato para a mesa, onde o juramento de segredo está localizado, e ele é encorajado a ler. Os “Shakers” então conduzem o iniciado a uma figura de Eulogia, e os Bonesmen gritam: “Eulogia! Eulogia! Eulogia! Depois os “Shakers” levam o candidato para uma figura de uma mulher que denominam “Connubial Bliss” (algo como “Visita Conjugal” ou “Alegria Conjugal”). Em uma parte da cerimônia, os Neófitos devem beijar o pé do Papa (o que alguns atribuem à um claro ato anti-cristão), beber uma bebida amarga de um recipiente de um crânio, beijar um crânio e outras diversas provas. A iniciação acaba com o candidato ajoelhado diante do sujeito vestido de Dom Quixote e todos permanecem em silêncio, quando este dá um tapinha no ombro do candidato com uma espada e diz:

“Pela Ordem de nossa Ordem,
eu o proclamo um Cavaleiro de Eulogia”.

Nessa ocasião são obrigados a revelar a seus companheiros tudo sobre suas vidas inclusive as mais questões mais íntimas. Todas as suas ações dos Bones passam a girar em torno dos objetivos da incrivelmente poderosa Ordem, da fundação “Russel Trust Association” também conhecida como a “Irmandade da Morte” e “Caveira e Ossos”.

Nenhum comentário: